ANIMAIS SENCIENTES

SOBRE A ÉTICA ANIMAL E O DIREITO A UMA VIDA DIGNA

Autores

  • Muriel Pinto
  • Graciane Pedó Nunes

DOI:

https://doi.org/10.53282/sul-sul.v4i1.986

Palavras-chave:

Ética, Animais, Antropocentrismo

Resumo

O presente artigo discute os direitos dos animais sob uma perspectiva ética. Primeiramente, faz-se
uma breve análise acerca da ética animal e o que discorrem os filósofos utilitaristas, os quais contribuem muito
para o tema. Em um segundo momento, estuda-se acerca das políticas públicas que podem ser propostas para
os animais em situação de rua. Pretende-se a utilização dos artigos mais citados nos trabalhos publicados com
a temática alhures mencionada, especificamente os constantes na plataforma Scielo. Para alcançar o objetivo
do estudo em tela, utiliza-se o método bibliográfico, sendo a investigação caracterizada como uma pesquisa
exploratória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Muriel Pinto

Doutor em Geografia pela UFRGS (2015) / Bolsista Capes. Mestre em Desenvolvimento Regional/ Bolsista Capes pela Universidade de Santa Cruz do Sul-RS (UNISC). Licenciado em Geografia pela (URI) Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - Campus Santo Ângelo/ RS (2007). Professor Adjunto III da Unipampa - Universidade Federal do Pampa, Campus São Borja-RS.. Coordenador e Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (PPGPP-UNIPAMPA) - Mestrado Profissional. Professor dos Cursos de Graduação em Licenciatura em Ciências Humanas, Ciências Sociais -Ciência Política e Curso de Direito da UNIPAMPA e da Licenciatura em Geografia-EAD (UAB-Unipampa). Professor Convidado da Maestría em Desarrollo Socioterrotorial da (UNAM) Universidad Nacional de Misiones-Argentina. Líder do Grupo de Pesquisa Labpoliter - Laboratório de Políticas Públicas e Territórios fronteiriços (CNPQ/UNIPAMPA). Membro do Comitê
de Integração Fronteiriça São Borja-BRA/ San Tomé-ARG (CIF). Atua nas seguintes temáticas: Políticas Culturais e Educacionais; Identidades territoriais; Integração fronteiriça Brasil-Argentina; Governança Político-territorial na Bacia do Prata e nas Missões Jesuítico-Guaranis.

Graciane Pedó Nunes

Mestranda em Políticas Públicas - Mestrado Profissional em Políticas Públicas, UNIPAMPA. Graduanda de Licenciatura em História – UFPel. Bacharela em Direito pela Fundação Educacional Machado de Assis (2016). Pós-graduada em Direito Público (2018). Advogada. Membra do Grupo de Pesquisa em Direitos Animais - GPDA/UFSM, Membra do Grupo de Pesquisa Labpoliter - Laboratório de Políticas Públicas e Territórios fronteiriços (CNPQ/UNIPAMPA).

Referências

ANDRADE, Adrielli dos Santos Oliveira. SANTOS, Aline Passos. A Responsabilidade Civil Do Município De Santo Antônio De Jesus-Ba Em Relação Aos Animais Domésticos Abandonados. Textura, Governador Mangabeira-BA, v. 13, n. 21, p. 015-028, jan - jun, 2019.

DIAS, Maria Clara. Sobre Nós: expandindo as fronteiras da moralidade, 2016. Disponível em: Acesso em 07 agosto 2017.

FELIPE, S. T. Ética e experimentação animal: fundamentos abolicionistas. Florianópolis: UFSC, 2007.

GONÇALVES, Sara Fernandes. Utilitarismo, Deontologia Kantiana e Animais: Análise e Avaliação Críticas. 2015. 72 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, Uberlândia, 2015.

JORGE, Sheila Souza; BARBOSA, Maria José Baptista; WOSIACKI, Sheila Rezler; FERRANTE, Marcos. Guarda Responsável De Animais: Conceitos, Ações e Políticas Públicas. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v. 15, n. 28, p. 578-594.

LIMA, Tatyara de Alcântara. Estudo cientométrico sobre Ética Animal no Brasil: uma análise da produção científica do Scielo. 2017. 62 f. Trabalho de Conclusão de curso (Curso de Bacharelado em Biblioteconomia) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

NIETZSCHE, Friedrich Wilheln. Humano, demasiado humano. 1ª Edição. São Paulo: Companhia das letras, 2015.

NISTA, Natália Anseloni. JANNUZZI, Celeste Aída Sirotheau Corrêa. FALSARELLA, Orandi Mina. BENEDICTO, Samuel Carvalho de. Sociedade e Desenvolvimento Sustentável: O direito dos animais no discurso da sustentabilidade. Revista Ambiente e Sociedade, São Paulo, v. 23, p. 1-18, 2020. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/asoc/a/hYN6qy6pBzTcMYNg7x4F3NB/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 28/06/2023.

RACHELS, James. RACHELS, Stuart. 2013. Os elementos da filosofia moral. 7ª Edição.

RIBEIRO, Thalessa dos Santos; SILVA, Camila Vieira da. Aspectos relacionados ao abandono de animais domésticos no Brasil. In: CONGRESSO MULTIDISCIPLINAR. 2018. Anais eletrônicos...2018. Disponível em: <http://www.fap.com.br/anais/congressomultidisciplinar-2018/comunicacao-oral/ 021.pdf>. Acesso em: 28/06/2023.

SINGER, P. Libertação animal. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010.

Downloads

Publicado

03-08-2023

Como Citar

PINTO, Muriel; PEDÓ NUNES, Graciane. ANIMAIS SENCIENTES: SOBRE A ÉTICA ANIMAL E O DIREITO A UMA VIDA DIGNA. Sul-Sul - Revista de Ciências Humanas e Sociais, [S. l.], v. 4, n. 1, 2023. DOI: 10.53282/sul-sul.v4i1.986. Disponível em: https://revistas.ufob.edu.br/index.php/revistasul-sul/article/view/986. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Vol. 04 N. 01 - A naturaleza em Abya Yala: reflexões e desafios sobre a proteção e a preservação do meio ambiente na perspectiva do socioambientalismo, do buen vivir e de pachamama