As respostas da nova poesia brasileira ao caso Marielle Franco

Autores

  • Manuella Bezerra de Melo Universidade do Minho

Palavras-chave:

Marielle, Poesia, Contemporânea, Brasil, Respostas

Resumo

Vereadora no Rio de Janeiro, Marielle Franco foi executada em 2018 às vésperas das eleições presidenciais de 2018, um assassinato com dezenas de desdobramentos e nenhuma resolução até então (2021). As motivações são evidentemente políticas. Nascida na comunidade da Maré, era uma das principais vozes de denúncia contra o abuso de poder das forças policiais nas comunidades cariocas. Ascendeu sua posição de poder num período de crescimento da lógica fascista no Brasil, que em seguida ganhou um porta-voz na candidatura à presidência da república de Jair Bolsonaro, que institucionalizou e efetivou o retorno (e a vitória) da extrema-direita no Brasil. O assassinato ganhou status de fenômeno sociológico justamente por ser uma síntese da representação do desaparecimento das minorias sociais brasileiras. Entre as centenas de levantes, a poesia brasileira também produziu respostas ao caso. Desde 2012, o crescimento destas agendas conservadoras posicionou a produção literária como operadora da resistência através de uma geração de novos escritores e poetas dispostos a confrontar o sistema literário, ocupar os espaços anteriormente negados e refundar a tradição. Por isto, neste trabalho proponho olhar para estas respostas da poesia brasileira à execução da vereadora Marielle Franco a fim de melhor compreender como a poesia nos conecta amplamente e com maior inteligibilidade ao presente histórico, quando sua relação circunstancial de reflexão dos tempos é ampliada para além dos acontecimentos e torna-se um olhar em perspectiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manuella Bezerra de Melo, Universidade do Minho

Doutoranda do programa Modernidades Comparadas na Universidade do Minho – PT. Sua pesquisa é financiada pela Fundação para Ciência e Tecnologia de Portugal: UI/BD/150720/2020. O presente artigo é um recorte da pesquisa realizada para a dissertação de mestrado intitulada: ‘As respostas da nova poesia brasileira ao bloqueio do sistema literário no ciclo do golpe de 2016” (2019)

Referências

BOSI, Alfredo. Literatura e Resistência. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

GRECCO, Gabriela de Lima. História e literatura: entre narrativas literárias históricas, uma analise através do conceito de representação. Revista Brasileira de História e Ciencias Sociais.RBHCS, vol.6, n.11. p.39-53, 2014

RAMA, Angél. Literatura, cultura e sociedade na América Latina. São Paulo, Brasil: Edusp, 2001.

RANCIÈRE, Jacques. O Desentendimento: política e filosofia. Tradução: Ângela Leite Lopes. São Paulo: editora 34, 1996

UM girassol nos teus cabelos: poemas para Marielle Franco/Organização Mulherio das Letras – Belo Horizonte: Quintal Edições, 2018.

Downloads

Publicado

2021-03-29

Como Citar

Bezerra de Melo, M. (2021). As respostas da nova poesia brasileira ao caso Marielle Franco. Sul-Sul - Revista De Ciências Humanas E Sociais, 1(Especial), 84–95. Recuperado de https://revistas.ufob.edu.br/index.php/revistasul-sul/article/view/829

Edição

Seção

Número Especial 01 (2021) - Marielle Franco Presente!